O início de uma longa amizade

O início de uma longa amizade

Contos Eróticos

O início de uma longa amizade

A Rebeca era uma amiga minha que eu vivia brigando. Conheci ela no grupo da faculdade e confesso que foi ódio a primeira vista. Tudo que ela falava, a gente saia discutindo, éramos o oposto. 

Até que em uma festa da faculdade eu passei muito mal de bebida e ela me ajudou tanto... Se manteve disposta e atenciosa com o meu mal estar. Fiquei eternamente grata e algo mudou...

Nos demos bem naquele dia, do ódio viramos amigas e não conseguíamos entender o porquê de se odiar tanto e de rolar uma tensão entre nós. Durante as semanas seguintes, ela ficou frequentando a minha casa, fazíamos programas juntas e começamos a gostar do que estávamos conhecendo uma da outra.

Um certo dia eu estava na faculdade, meu celular tocou com uma mensagem dela: "Amiga, to querendo taaaanto transar e não tenho ninguém para encontrar." Eu como engraçadinha que sou, respondi brincando "Eu mato sua vontade" e ela respondeu na lata: “Veeem, quero fuder".

Na hora, fiquei chocada com a resposta dela e paralisada não sabendo o que fazer. 

Jamais pensei nessa resposta, liguei pra ela pra perguntar se era zoação, ela me atendeu com uma voz gostosa, dizendo pra eu chegar lá logo... "Ok, saio às 22h da faculdade".

Quando a aula acabou, eu peguei o primeiro ônibus e em menos de 20 minutos cheguei na casa dela.

Ela me recebeu com um baby doll preto de renda, marcava o peitão que ela tinha, olhei e só conseguia pensar "Puta que pariu, eu vou transar muito".

Ela perguntou se eu queria um whisky pra relaxar no fim de dia, aceitei um copo e começamos a beber juntas, como sempre fazíamos, mas daquela vez existia o flerte entre amigas.

Passadas de mão na coxa, carícias no peito, cafuné no cabelo. Quando vi o whisky tinha feito duas bêbadas na sala, ela me puxou pro quarto e eu não sabia o que fazer. Eu estava sendo a primeira mulher dela, não queria sair agarrando feito louca, queria respeitá-la... mas pela minha surpresa, quando eu deitei na cama, ela me agarrou como se já tivesse experiências com mulheres, beijei a boca dela surpresa da atitude e fomos no embalo.  

O efeito do whisky me deixou com mais tesão e lembro de como nos beijávamos com vontade, língua sedenta pela outra, eu passava as mãos no corpo dela toda com aquele baby doll preto, botei os peitos pra fora e devorei eles.

Mamava eles com desejo, ela gemia só com a minha boca neles, mordi a barriga dela e alternava com lambidas também, ela se contorcia toda em cima da cama, desci pra buceta dela, toda quente e melada! 

Estava inchada sedenta por uma linguada minha, comecei a mamar ela com todo o gosto, ia nos grandes lábios e mordiscava, voltava pro clitóris e passava a língua macia em movimentos circulares.

Ela se levantou e pediu pra me chupar, deitando e me fazendo sentar literalmente com a buceta na cara dela. 

Que delícia de mulher, ela me chupava e gemia ao mesmo tempo, minha buceta estava encharcada de tesão, só sabia rebolar na cara dela.

Quando eu estava quase gozando, dei um pulo e fiz ela parar, não queria gozar naquela hora mas não estava aguentando, ela me dava muito prazer. 

Botei ela sentada na cama e fiquei ajoelhada lambendo ela toda, enquanto enfiava dois dedos nela, fudia ela toda, ela revirava os olhos e apertava os próprios seios pra poder ativar todos os seus sentidos. 

Ela me avisou que queria gozar, acelerei os dedos enquanto a língua não saía do clitóris, senti aquele gozo quente na minha boca, enquanto eu chupava, suguei tudo e deitei ela.

Era a minha vez de gozar e eu queria gozar me esfregando nela toda, fiz a famosa tesoura, encaixei a minha xota na dela e comecei bem devagar.. era uma delícia!!!  

Meu clitóris coladinho no dela num movimento vai e vem, aceleramos o ritmo, ela também se esfregava em mim aumentando intensidade, quando senti os meus espasmos de orgasmo, ela coloca meus peitos na sua boca, mamava eles enquanto eu me esfregava naquela buceta deliciosa e encharcada, gozei com um urro enquanto enquanto ela brincava com os biquinhos do meu peito!

Caímos na cama exaustas, olhando uma pra outra e rindo, dou um beijo na boca dela gostoso, cheio de tesão e molhada, ela me olhou e agradeceu pelos orgamos, encerramos a noite vendo filmes e foi assim que selamos o início de uma longa amizade. 🤪

Foto capa: @adultsonlyincolor

Deixe um comentário

Carregando Ambiente Seguro
Carregando Ambiente Seguro