Eu ou Você

Motoboy Grátis RJ - acima de R$200: Zona Sul, Grande Tijuca, Grande Méier, Barra da Tijuca, Recreio, Jacarepagua

Eu ou Você

Eu ou Você

Contos Eróticos

Eu ou Você

Hoje eu vou escolher você. Sim. Oi. Vem sempre aqui? Tudo bem, essa cantada foi um pouco ruim, mas acho que deu uma quebrada nesse gelo inicial, né? Afinal estamos nos conhecendo agora…


Quem sou eu? Seu novo passatempo, aquele por quem você fica ansiosa quando recebe notificação. Aquele frio na barriga, aquele sorriso imediato sabe? Então eu sou essa pessoa.


Mas primeiro me conta, como você está? Eu quero saber de você. Você me interessa. Na verdade não precisa me dizer muito, a forma como você está encarando minhas palavras de um jeito deliciosamente sedutor, já diz tudo. Eu já sei o que você quer.


Acredito que tenha um motivo para você ter me escolhido, já posso sentir nossa conexão, a energia das suas mãos me segurando. Eu quero que esta conexão seja além de meras palavras e uma rápida leitura. Eu quero ser te guiar, que você se sinta amada por mim neste momento.


Essa presença, me leia com vontade, não só para passar o tempo, ou por tédio. Eu quero que você me queira. Que você se queira. Se queira por nós. Eu aqui, você aí.


Vou te dizer o que eu queria estar fazendo neste momento com você. Queria pegar no seu rosto, afastar seus cabelos enquanto encaro seus lábios. Quero beijar cada milímetro do seu rosto, te beijar intensamente, fazendo com que você pudesse sentir meu desejo por você, extremamente palpável.


Toque em você, nos seus seios, na sua barriga, deslize suas mãos pelas suas coxas, passe lentamente com as pontas dos seus dedos pelo seu corpo, sinta ele se arrepiar ao seu toque. Toque seus lábios, você pode lamber seus dedos se sentir vontade. Testa, é gostoso, é sensual.


Com seus dedos umedecidos, toque nos seus mamilos sinta eles se arrepiarem, passe a mão pelo seu corpo. Oh, se eu pudesse estar com você, me imagine como uma pessoa passível de transfiguração, seu homem ou sua mulher, a pessoa com quem você gostaria de estar compartilhando este momento.


Passe os dedos pela sua vulva, sinta os pelos ou a falta deles, sinta como ela é, única, do jeito mais especial possível. Sinta seu clítoris, se sinta. Se quiser elevar essa experiência ultra sensorial, você pode procurar uma playlist bem sensual no seu Spotify e pegar seu sugador clitoriano. Se quiser pode ascender uma vela também, abaixar a luz.


Este é um momento para você curtir você. Eu sou um mero instrumento para seu auto- prazer. Se sinta, se toque. Passe com o sugador por toda sua vulva, sinta a pressão, a mudança de velocidade. Coloque ele perto do clítoris, depois tire, faça graça.

Se arrisque. Tente introduzir um dedo em você e colocar o sugador em seu clítoris. Mude de velocidade. Sinta sua buceta ficar molhadinha ao seu próprio toque. Descubra seus prazeres.


Chupe seus dedos, sinta seu gosto.


Se encharque com sua própria lubrificação. Não tenha medo de se lambuzar. Se toque com vontade. Alterne entre posições. Tente de quatro, de frente, de costas. Encontre a melhor posição para você e se sinta até gozar.


Se deseje como você nunca se desejou antes. Tenha vontade de se comer com os dedos.


Depois de atingir o orgasmo ou o ápice dessa experiência sensorial. Você pode continuar e procurar sentir mais orgasmos ou relaxar, passar os braços em volta de si mesma, se abraçar. Faça carinho em você. Se agrade.


Quando tentei me descrever, acho que a melhor forma seria dizer que eu sou você. Eu sou seu desejo, sua vontade colocada em palavras. Agora, aproveite o prazer que você pode se dar e se divirta.

Escrito por Valentine Squadroni

Deixe um comentário